Hoje conversamos com Lourdes Vaquero, chefe do departamento de secretariado acadêmico da Universidade Europeia do Atlântico

08 Maio 2020
Hoje conversamos com Lourdes Vaquero, chefe do departamento de secretariado acadêmico da Universidade Europeia do Atlântico
  • Em uma situação tão excepcional, as principais dúvidas estão relacionadas à adaptação do modelo ao contexto educacional, à forma de entrega e às datas dos exames.
  • Nos últimos anos, desenvolvemos ferramentas em nosso sistema que, se necessário, permitiriam a adaptação a um cenário de inscrição não presencial para o próximo curso.

Estas últimas semanas mudaram nosso modo de vida e também a forma como nossos alunos são formados, o Departamento de Secretaria Acadêmica da Universidade Europa del Atlântico, formado por Lourdes Vaquero Eva Salcines Carlos Acero, não parou de trabalhar. Eles estão fazendo um grande esforço para responder a todas as dúvidas que os alunos e suas famílias colocam nessa situação nova e incomum.

Lourdes Vaquero, chefe do Secretariado Acadêmico da Universidade, compartilha conosco como está vivendo esses momentos de incerteza e trabalho.

Na situação atual, qual é a sua principal tarefa ou responsabilidade?

A Secretaria Acadêmica da universidade é um ponto de referência para os alunos, tanto acadêmica quanto administrativamente, e foi nosso primeiro objetivo tentar manter esse serviço, mesmo que não fosse pessoalmente. 

Para isso, e com a necessária adaptação e superação dos problemas iniciais, procurou-se manter o suporte para solucionar todas as dúvidas que chegavam por e-mail, telefone, tanto dos alunos quanto de suas famílias.

As funções próprias continuam sendo realizadas regularmente, como a geração de todos os tipos de certificações, qualificações ou matrículas na universidade, bem como outras tarefas de revisão e atualização da documentação e dados existentes no sistema de gerenciamento, específicos para as funções internas e interdepartamental. Além disso, e já típico dessa situação, foi feita uma tentativa de fornecer suporte, informando sobre os processos de transformação dos sujeitos no modelo não presencial, esclarecendo os períodos de início e os sujeitos afetados por cada grau e curso.

Por fim, e embora não seja uma tarefa visível, começaram os preparativos para o processo de inscrição do próximo ano acadêmico 2020/2021 para garantir que, nas condições estabelecidas pelas autoridades, ele possa começar.

Que tipo de dúvida ou questão são as que mais frequentemente chegam ao departamento?

As dúvidas variam de acordo com cada período e mudam conforme as condições que todos enfrentamos. Por esse motivo, foram respondidas perguntas sobre como a universidade adaptaria seu modelo ao contexto educacional, à maneira de ensinar e às datas dos exames, assim que a instituição anunciasse o itinerário acadêmico através de seus comunicados.

Especificamente, e principalmente, estas se concentraram na transformação das disciplinas em ambiente virtual, especialmente aquelas com alto conteúdo prático; conhecer os canais de comunicação para entrar em contato com os responsáveis ​​pelo gerenciamento acadêmico e pelos planos de pagamento, ou a data e forma de realização dos exames finais.

Pelo lado da Secretaria, orientava-se ao Campus Virtual para o conhecimento das atividades, ensino, gravações e/ou atividades organizadas por cada professor, dependendo da matéria, bem como uma ferramenta de contato direto com seus responsáveis acadêmicos para responder a quaisquer perguntas. A universidade tomou essa decisão porque é o melhor sistema para garantir a avaliação correta das competências e do conteúdo, mas que sempre se adaptaria às condições que as autoridades acadêmicas e de saúde estabelecem.

Você acha que, após o término dessa situação excepcional, alguns ensinamentos desse período podem ser incorporados à administração acadêmica comum da Universidade?

A universidade, como se manifesta nos diferentes comunicados e é conhecida, possui um modelo de educação presencial, com forte apoio nas mídias tecnológicas e digitais. Esse contexto forçou a reorientar parte dos esforços em direção a um sistema diferente, e é certo que, uma vez que o modelo habitual de ensino possa ser retornado, melhorias serão aplicadas graças ao esforço que esse confinamento exigiu. É necessário encontrar aspectos positivos nessas circunstâncias complicadas.

Há muitas dúvidas e preocupações entre estudantes e famílias sobre os períodos de matrícula no próximo ano. Você poderia nos dizer se há alguma previsão de como isso será realizado?

Existem dúvidas, principalmente com os novos alunos que estão aguardando as provas de acesso nos próximos meses (EBAU), mas devemos transmitir uma mensagem de calma. A partir da experiência dos últimos anos, desenvolvemos ferramentas em nosso sistema que, se necessário, permitiriam a adaptação a um cenário de inscrição não presencial.

Quando os períodos das diferentes fases de descalcificação forem especificados, todo o grupo de estudantes será informado com margem suficiente sobre os períodos e processos de inscrição. Medidas de apoio serão reforçadas e recursos serão criados, se necessário, para que o aluno tenha total apoio nesse importante processo.

Por tudo isso, incentivamos os estudantes interessados ​​na oferta educacional da UNEATLANTICO a formalizar sua reserva de vaga para o ano acadêmico 2020/2021 por meio de nossos colegas do Escritório de Admissões (admisiones@uneatlantico.es).